Mundial 2018: João Moutinho garante que ninguém

Mundial 2018: João Moutinho garante que ninguém “quer ficar por aqui”

João Moutinho confessou hoje que, no início da carreira, não previa alcançar o sucesso que alcançou com a seleção portuguesa de futebol, mas assegurou que os jogadores lusos não pretendem “ficar por aqui”.

Oeiras, Lisboa, 04 jun (Lusa) – João Moutinho confessou hoje que, no início da carreira, não previa alcançar o sucesso que alcançou com a seleção portuguesa de futebol, mas assegurou que os jogadores lusos não pretendem “ficar por aqui”.


O segundo atleta com mais internacionalizações entre os 23 escolhidos para o Mundial2018 (109), apenas atrás de Cristiano Ronaldo (149), afirmou que a sua carreira tem sido “feita de desafios”, sendo o próximo o Mundial da Rússia.


“A minha carreira é feita de desafios e o próximo desafio é o próximo jogo. Conseguimos conquistar várias coisas, entre as quais o Campeonato da Europa. Não digo que, no início da carreira, sabia que iria acontecer isto, mas foi por isto que lutei, para fazer parte desta família, que é a seleção, e conquistar títulos, mas nem eu nem os meus companheiros queremos ficar por aqui”, afirmou Moutinho.


O médio do Mónaco, de 31 anos, falava em conferência de imprensa, antes de mais um treino do conjunto das ‘quinas’, na Cidade do Futebol, já com a presença do ‘capitão’ Cristiano Ronaldo, o último a integrar o estágio.


“Agora, estamos com o grupo completo. Com a presença do Cristiano, começamos a treinar com o grupo todo. Ele é sempre uma mais valia, seja no clube ou na seleção. Espero que nos consiga ajudar a atingir os nossos objetivos, como tem feito até agora”, referiu.


De resto, João Moutinho admitiu que a presença do avançado do Real Madrid “aumenta a qualidade” do grupo: “O nível de exigência está sempre a ‘top’, mas, com o melhor jogador do mundo, a qualidade aumenta e podemos aprender e evoluir”.


Na quinta-feira, Portugal defronta a Argélia, no Estádio da Luz, naquele que será o último jogo de preparação antes da partida para a Rússia. Após os empates com Tunísia (2-2) e Bélgica (0-0), Moutinho acredita que os argelinos vão “criar dificuldades diferentes”.


“Este jogo vai ter outras componentes, com jogadores de qualidade que nos vão dificultar ao máximo a tarefa. No entanto, queremos impor o nosso jogo e sair com a vitória, para ganharmos confiança até aos jogos oficiais”, adiantou.


Por outro lado, o médio internacional luso assegurou que todos os jogadores que fazem parte da seleção nacional “são fortes mentalmente”, incluindo os atletas do Sporting, que têm vivido semanas conturbadas face ao que se passa no clube.


“Todos os jogadores que aqui estão são fortes mentalmente, não só os do Sporting. Temos de ser mentalmente fortes para chegar a um patamar elevado. Estamos concentrados na seleção”, concluiu.


No primeiro teste de preparação para o Mundial2018, Portugal empatou (2-2) em Braga, com a Tunísia, antes de registar nova igualdade (0-0) no sábado, com a Bélgica, em Bruxelas.


Na quinta-feira, a formação lusa recebe a Argélia, no Estádio da Luz, a partir das 20:15.


Em 09 de junho, após o particular com os argelinos, a equipa lusa viaja para a Rússia, onde tem estreia marcada frente à Espanha, em 15 de junho, em Sochi.


Além dos espanhóis, Portugal defronta Marrocos em 20 de junho, em Moscovo, e o Irão, de Carlos Queiroz, no dia 25, em Saransk, nos restantes jogos do Grupo B do Campeonato do Mundo, que arranca em 14 de junho e termina em 15 de julho.



MYO/AYCO // PFO

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Mundial 2018: João Moutinho garante que ninguém “quer ficar por aqui”

João Moutinho confessou hoje que, no início da carreira, não previa alcançar o sucesso que alcançou com a seleção portuguesa de futebol, mas assegurou que os jogadores lusos não pretendem “ficar por aqui”.