Bronca com Brad Pitt pode retirar a custódia dos filhos a Angelina Jolie

A atriz terá de mudar algumas coisas no que toca ao comportamento e atitudes em relação aos filhos. Saiba porquê.

Angelina Jolie, de 43 anos, corre o risco de perder a custódia física dos seis filhos, frutos do casamento com Brad Pitt, de 54.

Segundo o site TMZ, a atriz corre este risco se não mudar a forma como deixa as crianças interagirem com o pai. O juiz do caso admite que este afastamento com o progenitor é prejudicial. Por isso, estabeleceu uma nova regra: o ator poderá, a partir de agora, ligar e enviar mensagens aos filhos sempre que quiser, sem que Angelina monotorize os episódios.

LEIA AINDA: Filho mais velho de Angelina Jolie não aguenta a mãe e quer ir viver com o pai, Brad Pitt

O relatório do meritíssimo descreve ainda o novo cronograma de custódia para o verão. O galã de Hollywood vai poder usufruir da companhia dos jovens por mais tempo, entre Londres – onde a ex-mulher tem uma casa a alugar – e Los Angeles. Quando os visitar na capital britânica, um psicólogo infantil terá de o acompanhar.

No entanto, o primogénito mais velho, Maddox, de 16 anos, que foi adotado com menos de um ano, decidirá por si mesmo quanto tempo quer passar com o pai.

Vivienne Jolie-Pitt e Knox Leon Jolie-Pitt, de nove, Shiloh Jolie-Pitt, de 12, Zahara Jolie-Pitt, de 13, e Pax Jolie-Pitt, de 14, são os restantes frutos do ex-casal.

Fotos: Reuters


RELACIONADOS