Eurovisão 2019: Apesar de Israel ser o vencedor, edição de 2019 pode não ser no país

É a própria organização que avisa os fãs a não comprarem viagens nem reservarem hotéis. A Eurovisão 2019 vai acontecer mas pode não ser no país vencedor, Israel.

Duas semanas depois da vitória de Netta Barzilai, ainda não é certo que a Eurovisão 2019 se vá realizar em Israel. «Toy» foi a vencedora incontestada da primeira Eurovisão realizada em Portugal mas, de acordo com os canais oficiais do evento, ainda não está fechado o país que vai receber o evento no próximo ano.

«Já estão ansiosos para a Eurovisão do próximo ano? Nós também! Não reservem já os voos. Para atualizações oficiais sobre onde e quando vai acontecer [a Eurovisão 2019], estejam atentos aos anúncios nos nossos canais oficiais», pode ler-se nas redes sociais da Eurovisão.

Tensão em Israel coloca Eurovisão em risco

No dia da vitória, o próprio primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, garantiu que o certame iria acontecer em Israel. No entanto, a escalda de violência naquele país do Médio Oriente, agravada pela polémica inauguração da embaixada norte-americana em Jerusalém, levanta questões sobre a segurança, imprescindível para a realização de um evento da envergadura da Eurovisão.

Recorde: Vencedora da Eurovisão responde a Salvador Sobral

Em 63 anos da história, foram apenas cinco as ocasiões em que o país vencedor da Eurovisão não foi, no ano seguinte, anfitrião. Em 1960 e 1963, a Holanda e França recusaram receber o evento devido a questões financeiras. Em 1973, o Mónaco não recebeu o certame por não oferecer condições logísticas e, em 1974, o Luxemburgo também não organizou devido a problemas financeiros. A BBC, em Londres, foi a anfitriã nesses anos.

Em 1980, depois de organizar a Eurovisão em 1979, Israel declinou receber novamente o festival. A Holanda acabou por ser o país anfitrião desse ano.

Fotos: Reuters e Impala

 


RELACIONADOS

Eurovisão 2019: Apesar de Israel ser o vencedor, edição de 2019 pode não ser no país

É a própria organização que avisa os fãs a não comprarem viagens nem reservarem hotéis. A Eurovisão 2019 vai acontecer mas pode não ser no país vencedor, Israel.