Dois meses após a morte, realizou-se o funeral de Avicii

Familiares e amigos prestam última homenagem ao artista, que foi encontrado morto no passado dia 20 de abril, na casa de banho do quarto de hotel onde estava em Omã.

Passaram cerca de dois meses desde que Avicii se suicidou. E só este domingo, 10 de junho, é que se realizou o funeral na sua terra natal.

Familiares e amigos mais próximos prestaram-lhe uma última homenagem, numa cerimónia privada que decorreu no Cemitério do Bosque, em Estocolmo, na Suécia.

Uma das pessoas presentesno funeral foi Jesse Waits, empresário e amigo do DJ, que publicou no Instagram uma fotografia com o nome de baptismo do sueco – Tim Bergling– e o seu ano de nascimento e morte.

O músico e produtor sueco, considerado uma das estrelas da música electrónica da sua geração, foi encontrado sem vida, no passado dia 20 de Abril, na casa de banho do quarto de hotel, em Omã, onde se encontrava a passar férias.

Segundo o TMZ, Tim Berling foi encontrado com cortes nos pulsos e no pescoço e que terão sido esses ferimentos a causar a sua morte.

 


RELACIONADOS

Dois meses após a morte, realizou-se o funeral de Avicii

Familiares e amigos prestam última homenagem ao artista, que foi encontrado morto no passado dia 20 de abril, na casa de banho do quarto de hotel onde estava em Omã.