Rainha Isabel II condecora antiga prostituta

Luta pelos direitos de todos os trabalhadores do sexo motivam premiação pela Rainha Isabel II.

A rainha Isabel II reconheceu esta segunda-feira com um prémio de mérito a antiga prostituta Catherine Healy. Esta condecoração veio a propósito do serviço humanitário prestado pela mulher de 62 anos a favor dos direitos de todos os trabalhadores do sexo.

LEIA TAMBÉM: O presente de casamento que Harry e Meghan receberam da rainha

De acordo com a estação pública britânica BBC, a ex-profissional do sexo teve um desempenho exemplar para a criação de uma lei que despenaliza a prostituição na Nova Zelândia e que permite a utilização de casas de alterne como empresas devidamente legalizadas.

O mesmo órgão de comunicação social, muito ligado às causas sociais, emitiu uma nota em que afirma que esta decisão real «é um indicador de mudança das atitudes das pessoas», mas ressalvou que «ainda assim, há muito trabalho a fazer».

SAIBA MAIS: Os 92 anos da Monarca mais velha do Mundo

Catherine iniciou a carreira na prostituição no início da década de 80 e passado quase dez anos, ao verificar a falta de condições no trabalho, decidiu criar uma espécie de associação que representasse todos os homens e mulheres que faziam do sexo o ganho pão.

Fotos: Direitos Reservados e Reuters

 

 


RELACIONADOS