Rainha de Holanda em tristeza profunda após a morte da irmã

Autopsia confirma tese de suicídio. Irmã da rainha enforcou-se com um cinto.

A irmã mais nova da rainha Máxima da Holanda foi encontrada morta na sua casa em Buenos Aires, Argentina.

De acordo com o jornal La Nación, Inés Zorreguieta Cerruti, de 33 anos, morreu na noite de quarta-feira, 6 de junho, e foi encontrada pela mãe, María del Carmen Cerruti, na manhã seguinte.

O resultado da autopsia vem agora revelar que a irmã da rainha cometeu suicído. Segundo os dados revelados pelos investigadores, tudo aponta para que se tenha enforcado com um cinto, no entanto a investigação promete ser vasta.

Máxima viajou de imediato para a Argentina para se despedir da irmã. O rei Guilherme e as filhas Amalia, de 14 anos, Alexia, de 12, e Ariana, de 11 – e de quem Inés era madrinha de batismo -, acompanharam a rainha neste momento delicado.

O funeral aconteceu esta sexta-feira, 8 de junho, numa cerimónia privada, no cemitério Parque Memorial de Pilar, onde apenas estiveram familiares e amigos.

Desolada, já que Inés era a sua irmã mais próxima e querida, Máxima cancelou os atos oficiais da sua agenda para os próximos dias.

Segundo a imprensa internacional, Inés sofria de uma grave depressão, problemas psiquiátricos, e já havia mesmo estado internada devido a um distúrbio alimentar. Perante o quadro clínico debilitado, fala-se num possível suicídio.

Fotos: Reuters

 


RELACIONADOS