Morreu Albano Martins

Morreu Albano Martins

O escritor e professor Albano Martins morreu aos 87 anos, revelou a Universidade Fernando Pessoa, do Porto.

Sem especificar o dia e o local em que morreu, a Universidade Fernando Pessoa refere que o funeral do poeta está marcado para quinta-feira, às 16:00, saíndo de Mafamude, Vila Nova de Gaia, onde residia.

Docente naquela universidade, Albano Martins nasceu em 1930 na aldeia do Telhado, concelho do Fundão, e a sua obra está publicada em cerca de duas dezenas de livros de poesia e em diversas antologias e obras colectiva.

Licenciado em Filologia Clássica pela Universidade de Lisboa, Albano Martins é autor de obras como “Secura Verde” (1950), “O Oiro do Dia” (1979), “Os remos escaldantes” (1983), “Uma colina para os lábios” (1993) e “Escrito a vermelho” (1999).

Em 1986, foi distinguido pela Sociedade Brasileira de Língua e Literatura, do Rio de Janeiro, com a medalha Oskar Nobiling de mérito cultural durante o XVIII Congresso Brasileiro de Língua e Literatura.

 


RELACIONADOS