Professores ameaçam com greve no início do ano letivo

Professores ameaçam com greve no início do ano letivo

O secretário-geral da Federação Nacional da Educação adiantou que vai propor aos restantes sindicatos do setor a convocação de uma greve aos primeiros dias do próximo ano letivo.

Lisboa, 04 jun – O secretário-geral da Federação Nacional da Educação (FNE), João Dias da Silva, adiantou hoje que vai propor aos restantes sindicatos do setor a convocação de uma greve aos primeiros dias do próximo ano letivo.


“Não estaremos disponíveis para começar o próximo ano letivo se o governo mantiver esta intransigência”, disse Dias da Silva à saída de uma reunião negocial no Ministério da Educação, que contou com a presença do ministro Tiago Brandão Rodrigues.


O dirigente sindical considerou a posição do Ministério inaceitável” e classificou a reunião de hoje como “uma amarga deceção que confirma as piores expectativas”.


Dias da Silva reiterou ainda a informação que havia sido avançada pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof) na reunião que manteve esta manhã de que ou os sindicatos aceitam contabilizar menos de três anos de serviço, dos mais de nove congelados, ou a tutela retira a proposta.


IMA // JMR

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Professores ameaçam com greve no início do ano letivo

O secretário-geral da Federação Nacional da Educação adiantou que vai propor aos restantes sindicatos do setor a convocação de uma greve aos primeiros dias do próximo ano letivo.