Incêndio em Portimão provocado por mulher que se quis vingar de senhorio [vídeo]

A alegada criminosa terá «regado com gasolina» várias divisões da habitação em Portimão

Uma mulher foi detida sob a suspeita de ter provocado uma explosão que deflagrou um incêndio esta quarta-feira, dia 23 de maio, no sexto andar de um apartamento, em Portimão, no Algarve.

Em comunicado, a Polícia Judiciária adiantou que a alegada criminosa terá «regado com gasolina» várias divisões da casa. Fonte policial disse à Lusa que a detida, de 38 anos, abandonou a habitação logo após ter provocado o incêndio, crime que terá sido motivado por uma ação de despejo de que está a ser alvo por parte do proprietário.

Além de provocar ferimentos ligeiros numa idosa, a explosão fez também projetar os vidros da janela do apartamento sobre uma viatura que se encontrava na rua.

A mulher vai agora ser presente às autoridades judiciárias competentes, para aplicação de eventuais medidas de coação. Na detenção, estiveram envolvidos o Departamento de Investigação Criminal de Portimão da PJ e a PSP local. O incêndio, que mobilizou 46 operacionais, apoiados por 20 viaturas, destruiu a habitação.

Clique play e veja o vídeo do incidente

VEJA AINDA: Comida e roupas doadas para solidariedade encontradas como lixo em descampado

 

 


RELACIONADOS