Inspeção das Atividades Económicas de Moçambique aponta irregularidades em casas noturnas

Inspeção das Atividades Económicas de Moçambique aponta irregularidades em casas noturnas

A Inspeção das Atividades Económicas de Moçambique (INAE) esclareceu hoje que a fiscalização em estabelecimentos comerciais é feita 24 horas por dia e advertiu que há casas noturnas com muitas irregularidades.

Maputo, 10 jun (Lusa) – A Inspeção das Atividades Económicas de Moçambique (INAE) esclareceu hoje que a fiscalização em estabelecimentos comerciais é feita 24 horas por dia e advertiu que há casas noturnas com muitas irregularidades.


“Queremos esclarecer que a área da fiscalização trabalha 24 horas por dia. Temos casos de casas noturnas com muitas irregularidades”, disse Ali Mussa, durante uma conferência de imprensa em Maputo.


Entre as principais irregularidades encontradas nas casas noturnas e salas de dança, o porta-voz da INAE apontou a falta de licença para o exercício das atividades, a entrada de menores e a consumo de tabaco em locais impróprios.


“Recomendamos aos agentes económicos para que colaborem, sanando rapidamente estas irregularidades”, observou o porta-voz da INAE, acrescentando que as brigadas da INAE que fazem inspeções a estes estabelecimentos estão sempre devidamente identificadas.


Nos últimos 15 dias, a INAE fiscalizou um total de 933 estabelecimentos, entre salas de dança, casas noturnas, restaurantes, recintos de espetáculos, além de centros comerciais.



EYAC // ANP

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Inspeção das Atividades Económicas de Moçambique aponta irregularidades em casas noturnas

A Inspeção das Atividades Económicas de Moçambique (INAE) esclareceu hoje que a fiscalização em estabelecimentos comerciais é feita 24 horas por dia e advertiu que há casas noturnas com muitas irregularidades.