Mundial 2018: João Mário e as rescisões dos colegas do Sporting «são assuntos paralelos»

Mundial 2018: João Mário e as rescisões dos colegas do Sporting «são assuntos paralelos»

João Mário escusou-se comentar a rescisão de contrato dos colegas William, Bruno Fernandes e Gelson Martins do Sporting, focando-se apenas na missão de Portugal no Mundial 2018.

“Já foi falado por muitas pessoas, inclusivamente o nosso selecionador, que tudo o que sejam assuntos paralelos à seleção nacional não entram no nosso grupo. Temos um jogo muito importante sexta-feira e todo o grupo está muito focado nisso. Acho que isso é o mais importante”, vincou.

O trio junta-se assim ao guarda-redes Rui Patrício, igualmente internacional português, e a Podence e ao holandês Bas Dost a rescindirem com os ‘leões’, alegando justa causa.

São assuntos paralelos. Vamos jogar competição muito importante, o Mundial, que o grupo tem preparado da melhor forma, trabalhando de forma maravilhosa, estar muito bem nos treinos, vamos ter um grande adversário pela frente e é nisso que temos de estar focados, não pode ser outra coisa”, concluiu o antigo jogador leonino.

Ainda assim, João Mário deixou um conselho aos colegas do seu antigo clube português, muito relacionado com as últimas declarações sobre o seu: “O campeonato italiano está fora de questão“. Porém, “isso não é pergunta para agora. O grupo está focado no jogo com a Espanha. A maioria vai jogar no Mundial pela primeira vez e isso é algo muito importante para nós”, referiu. Agora, João Mário joga em Inglaterra no West Ham.

Estas rescisões surgem na sequência, entre outros casos, das agressões sofridas por vários elementos do plantel e da equipa técnica em 15 de maio, na Academia do Sporting, em Alcochete, por cerca de 40 pessoas encapuzadas.

Dos atacantes foram detidos 27, que ficaram em prisão preventiva.


RELACIONADOS

Mundial 2018: João Mário e as rescisões dos colegas do Sporting «são assuntos paralelos»

João Mário escusou-se comentar a rescisão de contrato dos colegas William, Bruno Fernandes e Gelson Martins do Sporting, focando-se apenas na missão de Portugal no Mundial 2018.