Cordão humano de 200km no País Basco para exigir referendo

Cordão humano de 200km no País Basco para exigir referendo

Dezenas de milhares de pessoas formaram este domingo um cordão humano de 200 quilómetros no País Basco, ligando as cidades de San Sebastian, Bilbau e a capital regional, Vitoria, para exigir um referendo à independência desta província do norte de Espanha.

Segundo a Associated Press (AP), os manifestantes deram as mãos ou seguraram lenços entre eles para formar um cordão humano de centenas de quilómetros entre as principais cidades da comunidade autónoma espanhola.

Nos lenços podia ler-se em basco: “Está nas nossas mãos”.

Os organizadores da iniciativa adiantaram que cerca de 175 mil pessoas participaram, incluindo políticos e ativistas independentistas bascos e catalães.

A polícia basca não forneceu números oficiais sobre a participação no protesto.

A manifestação acontece apenas um mês depois de o movimento independentista ETA ter anunciado a sua dissolução.

O Governo de Espanha recusou permitir um referendo oficial à secessão na Catalunha, região cujos líderes tentaram sem sucesso uma declaração unilateral da independência no ano passado.

 


RELACIONADOS

Cordão humano de 200km no País Basco para exigir referendo

Dezenas de milhares de pessoas formaram este domingo um cordão humano de 200 quilómetros no País Basco, ligando as cidades de San Sebastian, Bilbau e a capital regional, Vitoria, para exigir um referendo à independência desta província do norte de Espanha.