Jerónimo endurece críticas à

Jerónimo endurece críticas à “travagem” e convergência de PS à direita

O secretário-geral comunista dramatizou a “travagem” do Governo e “convergência com PSD e CDS para garantir o essencial da política de direita”, no seu discurso de abertura das jornadas parlamentares do PCP, no litoral alentejano.

Alcácer do Sal, Setúbal, 07 jun (Lusa) – O secretário-geral comunista dramatizou hoje a “travagem” do Governo e “convergência com PSD e CDS para garantir o essencial da política de direita”, no seu discurso de abertura das jornadas parlamentares do PCP, no litoral alentejano.


Para Jerónimo de Sousa diversas soluções para os problemas do país esbarram com “a falta de vontade política do Governo minoritário do PS, que permanece acorrentado nas suas opções e orientações de fundo às teses essenciais da política de direita, mas também quando se avolumam sinais e práticas que indiciam uma travagem, se não uma inversão de rumo”.


“A crescente procura do PS e do seu Governo de convergência com PSD e CDS para garantir o essencial da política de direita em matérias e áreas nucleares da ação governativa, nomeadamente em matéria de legislação do trabalho, são uma expressão dessa crescente preocupação”, acrescentou Jerónimo de Sousa.


Na abertura das jornadas, em Alcácer do Sal, e ao contrário do que é habitual, falou ainda o eurodeputado comunista João Ferreira, que também criticou o alinhamento de PS, PSD e CDS-PP, mas na Europa, a cerca de um ano das próximas eleições para o Parlamento Europeu.



HPG // VAM


By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Jerónimo endurece críticas à “travagem” e convergência de PS à direita

O secretário-geral comunista dramatizou a “travagem” do Governo e “convergência com PSD e CDS para garantir o essencial da política de direita”, no seu discurso de abertura das jornadas parlamentares do PCP, no litoral alentejano.