Revelada certidão de óbito de Avicii, passados quase 2 meses da sua morte

O DJ sueco Avicii tirou a própria vida a 20 de abril, mas só agora é que a certidão de óbito foi revelada

 

A morte de Avicii abalou milhares de fãs do DJ, espalhados pelo mundo inteiro. O artista morreu a 20 de abril, deste ano, em Mascate, capital do Omã. No entanto, só agora é que a certidão de óbito de Avicii foi divulgada. O documento legal foi tornado público pelo TMZ.

Apesar de não haver informações novas sobre a morte do DJ de 28 anos na certidão de óbito, o documento apresenta uma peculiaridade: a data da morte está exposta segundo o calendário islâmico e depois, o ocidental.

Ou seja,  Avicii morreu no dia 4 de sha’ban de 1439 e, no ocidente, o óbito está declarado a 20 de abril de 2018.

Avicii

Fãs culpam namorada de Avicii

Após ter sofrido duras críticas por parte dos fãs de Avicii, a namorada do DJ sueco, Tereza Kacerova, decidiu publicar na passada quarta-feira, dia 9 de maio, um texto nas redes sociais onde revela como está a lidar com a tragédia da morte do companheiro.

LEIA MAIS:  Revelada a forma como DJ se suicidou

Culpada por muitos pela prematura morte do artista, Tereza confessou que se tem refugiado no álcool para esquecer a dor e o drama que está a viver. Muitos fãs consideram que a modelo de 25 anos apenas revelou o relacionamento secreto que mantinha com Avicii, após a sua morte, para obter fama e dinheiro. Contudo Tereza garante: «Este é o momento mais horrível da minha vida. Estou a afogar toda a tristeza».

«A ansiedade instala-se duas horas antes de acordar, não posso contar a quantidade de vezes que bebi uma cerveja antes mesmo de escovar os dentes», confessou.

Irmão de Avicii ainda viajou para o salvar mas chegou tarde demais

Avicii estaria de férias com amigos em Mascate, em Omã, quando se suicidou, a 20 de abril. Através de conversas telefónicas com o DJ, a família deste percebeu que «algo de errado» se passava.

Segundo a revista People, acharam que Avicii estaria num estado de saúde mental bastante precário e o irmão do DJ ainda viajou para Omã, mas chegou quando o músico já estaria morto.

Avicii foi encontrado morto no dia 20 de abril no hotel Muscat Hills Resort, onde se encontrava a passar férias com amigos. A família de Tim Bergling, conhecido como Avicii, veio mais tarde revelar que se tinha tratado de um suicídio.

O que é a pancreatite aguda, doença que afastou Avicii dos palcos

É uma doença caracterizada por uma inflamação do pâncreas, que ocorre quando as enzimas pancreáticos (normalmente utilizadas na digestão dos alimentos) são libertadas no interior do próprio pâncreas, iniciando o processo de digestão do órgão.

A lesão do pâncreas nesse processo pode permitir que as enzimas saiam e entrem na corrente sanguínea ou na cavidade abdominal, onde provocam irritação e inflamação do revestimento da cavidade ou de outros órgãos. Avicii sofria de dores que já não conseguia esconder. No trailer do seu documentário, True Stories, podemos ver o DJ numa cama de hospital.

VEJA AINDA: Carta de namorada sobre o DJ torna-se viral


RELACIONADOS

Revelada certidão de óbito de Avicii, passados quase 2 meses da sua morte

O DJ sueco Avicii tirou a própria vida a 20 de abril, mas só agora é que a certidão de óbito foi revelada