Homem morto a tiro por soldado israelita por lhe ter lançado pedras

Homem morto a tiro por soldado israelita por lhe ter lançado pedras

Um palestiniano de 21 anos, Izzideen Tamimi, foi morto perto de Ramallah, na Cisjordânia, por soldados israelitas, depois de ter lançado pedras contra os militares, anunciou o Ministério da Saúde palestiniano.

O exército israelita confirma num comunicado ter morto um palestiniano que “atirou uma grande pedra” contra os soldados durante uma operação de detenções em Nabi Saleh, a noroeste de Ramallah, na Cisjordânia ocupada.

Segundo o exército, os soldados foram alvo de uma dezena de palestinianos que atiravam pedras e um deles atingiu um dos militares na cabeça, tendo este “ripostado disparando sobre o palestiniano”, que morreu no local.

Desde 2015, os palestinianos mataram mais de 50 israelitas, dois visitantes norte-americanos e um turista britânico essencialmente em ataques com armas brancas e carros.

No mesmo período, as forças israelitas mataram 260 palestinianos, a maioria dos quais Israel disse serem atacantes.

Os ataques diminuíram nos últimos meses, quando o foco palestiniano mudou para os protestos na fronteira de Gaza.

 


RELACIONADOS

Homem morto a tiro por soldado israelita por lhe ter lançado pedras

Um palestiniano de 21 anos, Izzideen Tamimi, foi morto perto de Ramallah, na Cisjordânia, por soldados israelitas, depois de ter lançado pedras contra os militares, anunciou o Ministério da Saúde palestiniano.