ATUALIZAÇÃO: Explosão junto à fronteira com Portugal faz dois mortos e perto de 40 feridos

ATUALIZAÇÃO: Explosão junto à fronteira com Portugal faz dois mortos e perto de 40 feridos

A explosão numa fábrica de pirotecnia, junto à fronteira portuguesa fez duas vítimas mortais e dezenas de feridos, incluindo crianças

10h29: Duas pessoas morreram e 37 (30 adultos e sete menores) ficaram feridos numa violenta explosão de um armazém clandestino de material pirotécnico, esta quinta-feira. A força elevada da explosão causou danos materiais perto da fronteira norte entre Portugal e Espanha. Em Verdoejo e Ganfei, Valença – a porta de uma escola foi arrancada e o edifício da antiga alfândega ficou com vidros partidos -, bem como em Monção.

 

Uma explosão numa fábrica de pirotecnia na localidade Guilharei, em Tui, Galiza, junto à fronteira portuguesa de Valença, fez pelo menos um morto e 26 feridos, entre os quais, crianças. Estes são dados do mais recente balanço.

«A explosão foi tão potente que destruiu uma zona extensa de vivendas e, por isso, está a ser difícil aos meios de socorro chegarem ao local da explosão», revelou uma testemunha. 

Fonte da Proteção Civil revelou à que a explosão também provocou «danos e incêndios em habitações situadas nas proximidades».

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, às 15:26 foram acionados os bombeiros voluntários de Valença, no total de 13 operacionais e cinco viaturas para apoio aos meios espanhóis que se encontram no terreno.

A mesma fonte adiantou que a explosão foi “bastante forte”.

 


RELACIONADOS

ATUALIZAÇÃO: Explosão junto à fronteira com Portugal faz dois mortos e perto de 40 feridos

A explosão numa fábrica de pirotecnia, junto à fronteira portuguesa fez duas vítimas mortais e dezenas de feridos, incluindo crianças