Oficial: Foi utilizado gás nos ataques à Síria

Oficial: Foi utilizado gás nos ataques à Síria

A Organização para a Proibição de Armas Químicas confirmou (OPAQ) esta quarta-feira a utilização de gás Sarin nos ataques na Síria em março de 2017.

Está confirmada a utilização de armas químicas nos ataques à Síria em março de 2017, confirma a agência Reuters em Amesterdão, Holanda, na sede da Organização para a Proibição de Armas Químicas confirmou (OPAQ).

“O cloro foi muito provavelmente usado como arma química no Hospital Ltamenah e na sua área circundante [a sul da localidade] a 24 de março de 2017” disse a entidade em comunicado. Os investigadores também consideraram como “muito provável” o uso do cloro como arma química contra um hospital da cidade de Al Ltamenah, também no norte Hama, no dia seguinte ao primeiro ataque.

Este ataque químico fez mais de 40 mortos e afetou a saúde de cerca de 500 pessoas.

LEIA MAIS: Pelo menos 44 mortos «no maior massacre de 2018» da Síria

O que diz o acordo histórico entre Donald Trump e Kim-Jong-un? Leia aqui

 


RELACIONADOS

Oficial: Foi utilizado gás nos ataques à Síria

A Organização para a Proibição de Armas Químicas confirmou (OPAQ) esta quarta-feira a utilização de gás Sarin nos ataques na Síria em março de 2017.